JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Atração de investimentos e geração de empregos prometem impulsionar o Norte de Minas

11/07/2011
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail
Atração de investimentos e geração de empregos prometem impulsionar o Norte de Minas
A cidade de Montes Claros receberá fábrica do Grupo Alpargatas – Foto: Lúcia Sebe/Secom MG
Foto: Asscom/JUCEMG

MONTES CLAROS (08/07/11) - As negociações conduzidas pelo Governo de Minas, que culminaram com a destinação de R$ 177 milhões para a implantação de uma fábrica de sandálias da Alpargatas S.A., em Montes Claros, estão sendo comemoradas pelas lideranças empresariais e políticas do Norte do Estado.

O anúncio da instalação da empresa, que garantirá a geração de 2.250 empregos diretos e três mil indiretos, foi feito nessa quinta-feira (7), pelo governador Antonio Anastasia, durante assinatura de protocolo de intenções envolvendo o Governo do Estado e o presidente da Alpargatas, Márcio Utsch. A previsão é de que a unidade entre em operação em setembro de 2012, com produção anual de 100 milhões de pares de calçados.

“A vez do Norte de Minas chegou. Com o apoio do Governo do Estado, os empresários estão descobrindo nossas potencialidades e os incentivos financeiros e fiscais, que contemplam a região por estar inserida na área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene)”, comemora o presidente da Construtora Pavisan e ex-diretor do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), Jamil Habib Curi.

Na opinião do empresário, a instalação de uma empresa de renome internacional no Norte de Minas, do porte da Alpargatas, “se constitui num fator primordial para impulsionar o desenvolvimento econômico regional”.

Em virtude dos aportes financeiros anunciados este ano por empresas interessadas em explorar as jazidas de minério de ferro existentes na região, Jamil Curi estima que o Norte de Minas tem perspectivas de contar com uma captação de R$ 12 bilhões em novos investimentos. “Isso é muito significativo para uma região que não contava com grandes ações voltadas para o aproveitamento das suas potencialidades”, destaca o empresário.

De acordo com o presidente da Agência de Desenvolvimento do Norte de Minas (Adenor), José Geraldo Drumond, o trabalho orientado pelo governador visando à redução das desigualdades econômicas e sociais ainda existentes no Estado já tem proporcionado reflexos positivos para o Norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri.

“O apoio do Estado na implantação de uma empresa do porte da Alpargatas no Norte de Minas abre novas perspectivas para o desenvolvimento econômico regional. Além da geração de emprego e renda, certamente, nos próximos anos, constataremos que o Produto Interno Bruto (PIB) da região vai aumentar e proporcionar a melhoria da qualidade de vida da população”, diz José Drumond.

Na mesma linha de raciocínio, o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Montes Claros (ACI), Adauto Marques Batista, assinala que “a instalação da fábrica da Alpargatas em Montes Claros se constitui numa ótima notícia que, certamente, proporcionará desdobramentos positivos para o desenvolvimento não só de Montes Claros, mas da região Norte como um todo”.

Segundo o dirigente, em virtude da decisão estratégica do Governo do Estado em priorizar investimentos nas regiões mais carentes do Estado, a Associação Comercial já tem recebido várias consultas de empresários interessados em se instalarem na região. “Temos boas perspectivas que abrem novos horizontes no que se refere à geração de emprego e renda”, garante Marques.

O prefeito de Capitão Enéas e presidente da Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco, Reinaldo Landulfo Teixeira, afirmou que a empresa terá reflexos positivos em toda região, sobretudo no que se refere à geração de emprego e renda.

“A chegada da empresa no Norte de Minas proporcionará empregos não só para os jovens residentes em Montes Claros, mas, também, para os oriundos de outros municípios que estão em busca de novas oportunidades. Além de investimentos na construção da empresa, será necessário o direcionamento de recursos para capacitação de novos profissionais, o que elevará o nível da mão de obra regional como um todo”, afirma Teixeira.

Para o prefeito de São João do Paraíso, Manoel Capuchinho, além do grande impulso que a exploração do minério de ferro proporcionará à região nos próximos anos, os grandes investimentos que estão sendo direcionados para o Norte de Minas proporcionam a atração de novos empreendimentos privados.

“Essa é uma realidade nunca antes vivida pela região e, certamente, a agregação de valor às matérias-primas a serem exploradas será fundamental para o alcance do objetivo do Governo de Minas, de reduzir as disparidades econômicas e sociais ainda existentes no Estado”, finalizou o prefeito.

Fonte: Agência Minas
 

27/06/2019 - PROTOCOLO ÚNICO

 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato