JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Secretário de Desenvolvimento do Estado do Rio vê de perto como funciona o Minas Fácil

10/08/2007
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail

Em Minas, o tempo para se abrir uma empresa é de oito dias. No Rio de Janeiro, a demora era de 161 dias e o governo fluminense trabalha para que, em até 60 dias, aconteça a abertura de uma empresa naquele Estado. Para reduzir ainda mais esse tempo e ver de perto como funciona o Programa Minas Fácil, esteve hoje, 10 de agosto, pela manhã, na Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio, Júlio Bueno, chefiando uma comitiva, com representantes da Prefeitura do Rio e da Federação do Comércio daquele Estado.

Recebida pelo presidente da Jucemg, Ayres Mascarenhas, a comitiva fluminense assistiu a uma apresentação do programa pelo gerente do Projeto Estruturador Descomplicar/Facilita Minas, Lúcio Sampaio. O Facilita deu origem ao Minas Fácil, lançado pelo governador Aécio Neves, em 2005, com a preocupação de tornar “Minas Gerais o melhor Estado do Brasil para se viver e investir”.

Em Minas, são abertas, por mês, cerca de quatro mil empresas. Somente no lançamento do Minas Fácil, em maio de 2005, 580 empresas foram criadas no Estado.

Processo

Lúcio Sampaio explicou que, em oito dias no máximo, o empreendedor consegue abrir uma empresa em Minas, após a entrega da documentação exigida. O processo corre eletronicamente, de órgão em órgão, e o cliente nem precisa ir pessoalmente aos órgãos públicos envolvidos: Jucemg, Secretaria da Receita Federal, Secretaria de Estado de Fazenda, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal. “A meta, ainda este ano, é entregar em dois dias todo o processo de abertura de uma empresa”, enfatizou Lúcio Sampaio.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio de Janeiro, Júlio Bueno, disse que quer criar um programa de desburocratização e veio a Belo Horizonte para conhecer o projeto mineiro. “O governo fluminense quer inverter tudo de ruim que existe no Rio” e desabafou: “A beleza do Rio acaba sendo um passaporte para tudo de ruim que acontece na cidade”.

Com o secretário Júlio Bueno, visitaram depois a unidade do Minas Fácil, que funciona no andar térreo do prédio da Jucemg, na avenida Santos Dumont, 380, o secretário municipal do Trabalho e Emprego da Prefeitura do Rio, Wanderley Mariz; a coordenadora de Licenciamento e Fiscalização da Secretaria Municipal da Fazenda da Prefeitura do Rio, Fátima Abreu; Maria da Conceição Ribeiro, assessora da presidência da Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerga); e o consultor da Federação do Comércio do Estado do Rio, Mauro Osório.

27/06/2019 - PROTOCOLO ÚNICO

 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato