JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Jucemg e Sebrae apresentam Sala Mineira do Empreendedor aos prefeitos do Norte de Minas

30/03/2017
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail
Jucemg e Sebrae apresentam Sala Mineira do Empreendedor aos prefeitos do Norte de Minas
Presidente da Jucemg em explanação no Encontro
Foto: Sebrae MG

A Junta Comercial do Estado de Minas Gerais / Jucemg e Sebrae Minas apresentaram na última quarta-feira (29), em Montes Claros, durante o Encontro com os prefeitos do Norte de Minas, as diretrizes das Salas Mineiras do Empreendedor: um importante instrumento de auxílio idealizado para melhorar e simplificar os ambientes de negócios no estado. Participaram do evento prefeitos, outros representantes do poder público e agentes de desenvolvimento de 49 municípios da região.

Na ocasião, foi firmado um Termo de Cooperação Técnica entre as entidades. A parceria visa à efetiva implementação da Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim). É nesse momento que começa a atuação das Salas, que irão tornar mais acessíveis, em espaço único, os produtos da Jucemg e do Sebrae, além de capacitações e eventos.

Para o presidente da Jucemg, José Donaldo Bittencourt, a Sala Mineira do Empreendedor é a porta de entrada para que o município receba investimentos. “O empreendedor precisa ser tratado de forma especial. É ele que vai gerar emprego e renda para os municípios, e a Jucemg e o Sebrae estão de portas abertas para que esta Sala seja um canal para o desenvolvimento regional”, frisou.

A importância das Salas Mineiras do Empreendedor para o desenvolvimento dos municípios foi destacada também pelo Diretor Técnico do Sebrae Minas, Anderson Cabido. “Cada município tem suas potencialidades e, cabe aos gestores, criar facilidades para atrair investidores. Nesse sentido, a Sala Mineira do Empreendedor é fundamental pois contribui também para geração de emprego na região”, afirmou.

De acordo com o analista do Sebrae e gestor do projeto, Cassio Duarte, a Sala Mineira do Empreendedor busca padronizar e expandir os serviços que são ofertados pelas atuais salas existentes em algumas cidades. “Um dos principais objetivos da nova sala é a simplificação, um espaço único onde o empreendedor, independentemente de ser MEI ou não, possa fazer todo o processo de formalização do seu negócio em todos os níveis”, ressaltou.

Prefeitos apoiam iniciativa - Todos os prefeitos e representantes presentes ao evento assinaram um Protocolo de Intenções para a criação e implementação da Sala Mineira do Empreendedor.

Para o prefeito de Mirabela, Luciano Rabelo Veloso, município de 14 mil habitantes e conhecida como a capital mineira da carne de sol, a implantação da sala será fundamental para o desenvolvimento da região. “Não só Mirabela, mas todo o Norte de Minas está precisando de ações que tragam desenvolvimento.

Acredito que a criação da Sala Mineira do Empreendedor é uma iniciativa que pode auxiliar e fazer com que os empreendedores invistam nas cidades. Essa parceria entre Sebrae e Jucemg e o apoio das prefeituras passam segurança ao investidor que é quem vai gerar emprego e renda para os municípios”, frisou.

Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Montes Claros, Edilson Torquato apoia a iniciativa e garante que a cidade está pronta para implantar a sala. “Assinei o protocolo de intenções pois acredito que essa parceria com o Sebrae e Jucemg vai atrair novos empreendedores. Vamos fazer as adaptações necessárias na sala do empreendedor que já existe, e temos tudo para ser o primeiro município a inaugurar a Sala Mineira do Empreendedor”, enfatizou.

Outras parcerias - A Sala Mineira do Empreendedor poderá contar com apoio de outras entidades parceiras (associações comerciais, CDL, sindicatos, escolas, cooperativas, etc.), mas, para receber o nome, o trio Jucemg/Sebrae/prefeitura é indispensável. E a cada parceiro competem funções distintas.

A Jucemg, entre outras responsabilidades, se encarregará de capacitar os servidores sobre Registro Empresarial; o Sebrae Minas cuidará, por exemplo, da identidade visual e da gestão das MPEs; a prefeitura disponibilizará o espaço físico (preferencialmente do programa Minas Fácil) e fornecerá os recursos humanos.

A forma de atuação das Salas será embasada em três pilares básicos: orientações e informações; serviços; e capacitações (por meio de programas regulares dos parceiros). Além da reunião realizada em Montes Claros, outras deverão acontecer em várias regiões do estado.


 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato