JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Industriais lançam “Sudeste Competitivo” em Belo Horizonte

27/10/2015
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail

Belo Horizonte sediou o lançamento oficial do projeto “Sudeste Competitivo”, elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com as federações dos estados da região. O documento aponta 86 obras consideradas estratégicas para modernizar e integrar a malha de transportes com o restante do país. Os investimentos em logística sugeridos somam R$ 63,2 bilhões até 2020. O secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Altamir Rôso, participou do evento de apresentação do projeto, que aconteceu na sede do Sistema FIEMG.

“Levaremos agora as propostas para os Governos. Entendemos que boa parte das obras sugeridas tem forte apelo para serem executadas no modelo de parcerias público-privadas. São investimentos para o Brasil voltar a crescer de forma ordenada”, comentou o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade. “O ‘Sudeste Competitivo’ é uma inequívoca demonstração de que o setor produtivo tem clara consciência das dificuldades que enfrenta na busca da competitividade e de que também conhece as melhores soluções”, afirmou o presidente da FIEMG, Olavo Machado Jr.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Marco Antônio Castello Branco, destacou a necessidade do Estado apoiar as empresas na busca por competitividade. Ele complementou dizendo que o próprio Governo visa à sua competitividade institucional. “Como exemplo temos a revisão da legislação ambiental, que tramita na Assembleia Legislativa”, citou.
Sudeste Competitivo

Para se chegar aos projetos prioritários, a CNI e as federações analisaram 337 obras de ampliação e modernização de portos, aeroportos, ferrovias, rodovias, hidrovias e dutos. Executá-las por completo significaria investir R$ 219,1 bilhões, até 2020, com redução anual de R$ 13,4 bilhões em despesas com transporte. Para otimizar a aplicação dos recursos, o Sudeste Competitivo selecionou o conjunto de projetos que, com o menor custo, se alcançará a maior economia. Assim, com 28,8% dos recursos (R$ 63,2 bilhões), chega-se a 66% da economia potencial (R$ 8,9 bilhões) projetada para 2020.

Os 86 projetos prioritários constituem oito grandes eixos logísticos, rotas consideradas pela CNI capazes de integrar o sudeste com os estados vizinhos e assegurar movimentação ágil e eficiente de insumos e mercadorias.

27/06/2019 - PROTOCOLO ÚNICO

 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato