JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Secretaria de Desenvolvimento Econômico inaugura Sala do Empresário em Uberlândia

22/12/2014
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE) inaugura nesta segunda-feira (22/12), o projeto Sala do Empresário, na Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (ACIUB), no Triângulo Mineiro. Idealizado pela Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), o projeto piloto e de caráter experimental, visa oferecer de forma pioneira e em um único espaço, um conjunto de serviços ligados à abertura e fomento de novos negócios na cidade. Além de Uberlândia, Belo Horizonte também contará com uma unidade da Sala do Empresário.

Para o secretário Rogério Nery, o projeto está em linha com as principais diretrizes do Planejamento Estratégico da SEDE, desenvolvido ao longo deste ano. “O ponto mais importante deste projeto é levar segurança ao empreendedor, por meio da confiança. É isso que irá garantir a ampliação da competitividade no Estado e fazer com que Minas tenha uma posição de destaque no cenário nacional e internacional”, afirmou.

Em um ambiente exclusivo, o empresário conseguirá abrir uma empresa na hora, explica José Donaldo Bittencourt Júnior, presidente da Jucemg. “O empresário poderá agendar o dia e horário que deseja ser atendido, por meio do link Empresa na Hora, no portal de serviços da Jucemg”. De acordo com ele, ao apresentar os documentos para a abertura, a Junta Comercial analisa e aprova a documentação. “Em uma hora, o empreendedor recebe o documento registrado, CNPJ e o alvará de funcionamento da empresa”, conclui.

A agilidade na formalização do negócio começa antes mesmo, pela internet. No sistema desenvolvido pela Jucemg, é feita a pesquisa e a reserva do nome empresarial a fim de evitar a duplicidade de nome e se a atividade pode ser desenvolvida na localização pretendida, de acordo com a legislação municipal.

Além do registro, o empresário terá todo o suporte necessário para manutenção e fomento do negócio, incluindo orientações para obter linhas de crédito, por meio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), capacitação gerencial (Sebrae), bem como assessorias para serviços de exportação do Instituto de Desenvolvimento Integrado (INDI) e do Exportaminas.

Para o presidente, a expansão do projeto para o interior reforça a política de interiorização do estado (Jucemg) em criar “ambiente favoráveis à abertura de empresas” e acredita que os serviços oferecidos, como capacitação e linhas de crédito, vão garantir maior “sobrevivência e longevidade aos negócios”, reduzindo a taxa de mortandade logo após os dois anos de atividade. Além do serviço de empresa na hora, a Sala do Empresário também poderá ser utilizada pelos empreendedores que já estão no mercado e desejam fomentar seus empreendimentos.

Triângulo Mineiro

Uberlândia é a segunda cidade que mais abriu novos negócios no Estado em 2014, depois de Belo Horizonte. Segundo dados da Jucemg, 2.631 empreendimentos abriram as portas até 16/12 no município, com uma média de 235 constituições por mês, no prazo entorno de seis dias para formalização. Ao todo, 38.035 empresas estão ativas, com o destaque para o comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios (lojas de roupas).

Em recente pesquisa do Sebrae Minas, Uberlândia foi apontada também como um dos destaques entre as cidades mineiras que mais favorecem, depois da capital, o surgimento de novos empreendimentos e pequenos negócios, como revela o Índice de Competitividade dos Municípios Mineiros, realizado nos 853 cidades do estado.

Para o presidente, o projeto é “voltado para o empresário” e está em linha com todo o trabalho desenvolvido pela autarquia ao longo dos últimos anos, de forma a permitir a simplificação e a desburocratização dos processos de abertura de empresas, além de fomentar o desenvolvimento econômico de Minas.

“Queremos estar mais próximos do empresário e acompanhar o desenvolvimento de seus negócios. Para o governo, é importante que haja capacitação e orientações voltadas para as perspectiva de mercado, pois é isso que faz o negócio crescer mais rápido e que favorece o ciclo de crescimento da economia”, analisa José Donaldo.
 

27/06/2019 - PROTOCOLO ÚNICO

 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato