JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Sul de Minas e RMBH recebem novos investimentos

22/11/2012
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail
Sul de Minas e RMBH recebem novos investimentos
À esquerda, o Diretor de Operações da Alfagomma, João Azarias Neto, e à direita, o Vice-Presidente do INDI, João Vitor Garcia.
Foto: Leonardo Horta / SEDE

O Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (Indi), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE), acaba de assinar novos protocolos de intenções com seis empresas que irão investir R$ 65,9 milhões na Região Metropolitana de Belo Horizonte e no Sul do Estado e criarão 977 novos empregos diretos e indiretos.

Com investimento de R$ 28,263 milhões, a empresa italiana Alfagomma do Brasil Ltda. irá instalar sua primeira fábrica na América do Sul em 2013. A unidade, que será implantada em Guaranésia, no Sul de Minas, deverá produzir anualmente 143.200 peças de tubos de borracha e 77 toneladas de tubos de aço.

Presente em 20 países, com fábricas na Itália, Malásia, China, Estados Unidos e Eslováquia, a Alfagomma deverá começar sua produção em Minas Gerais em abril de 2013, com a geração de 130 empregos diretos e 30 indiretos.

Com o objetivo de administrar as demais plantas que serão instaladas ou adquiridas na América do Sul, a nova unidade será responsável pela industrialização de mangueiras, tubos hidráulicos e conexões hidráulicas para, inicialmente, atender as empresas do ramo de máquinas agrícolas, de preparação do solo, da construção civil, mineradoras e petrolíferas.

Dox Brasil - A expansão da Dox Brasil Indústria e Comércio de Metais Ltda., com abertura de uma nova unidade na Região Metropolitana de Belo Horizonte e outra no Sul de Minas, é o objetivo do protocolo de intenção que a empresa acaba de assinar com o Governo de Minas. Com investimento de R$ 16,383 milhões e geração de 95 empregos diretos e indiretos, a Dox pretende concluir seu projeto de agosto de 2015, quando deverá atingir a capacidade de produção de 27 mil toneladas por ano de anodos de metais não ferrosos e produtos siderúrgicos revestidos.

A Dox Brasil Indústria e Comércio de Metais Ltda. atua no processo de tratamento contra a corrosão do aço aumentando sua vida útil em cinco vezes e na industrialização e distribuição de metais não-ferrosos (Zinco, Chumbo, Estanho, Níquel, Antimônio e Bismuto) para os setores de galvanização a fogo, eletrodeposição, galvanoplastia, fabricantes de baterias e fabricantes de soldas.

A Dox Brasil também atua no processamento de aços planos (bobinas e chapas) e aços longos (barras laminadas, barras trefiladas, fios de aço) para os setores de construção civil; construção mecânica; indústria moveleira; fabricantes de máquinas agrícolas, mineração e implementos rodoviários, indústria automotiva; linha branca; embalagens; telhas e indústria alimentícia.

União Química - A expansão é também a meta da União Química Farmacêutica Nacional S/A que irá investir R$ 12,6 milhões em sua unidade industrial de Pouso Alegre destinada à produção de medicamentos em geral, além da implantação de linha de produção de medicamentos de origem biológica para uso humano. O projeto, que irá gerar 45 empregos diretos e 75 indiretos, visa também à concentração das operações em Minas Gerais, através da centralização parcial da comercialização de produtos fabricados em outras unidades da federação e transferidos para a unidade de Pouso Alegre.

Hoje a União Química é uma das maiores empresas na produção de medicamentos de uso hospitalar no Brasil, mas também atua nos segmentos oftalmológico, sistema nervoso central e dor, farma, OTC e genéricos. O Grupo possui ainda uma divisão veterinária, a Agener União, com uma linha para animais.

Lojas Edmil - Com foco nas cidades com menos de 25 mil habitantes e na implantação do comércio eletrônico, a Lojas Edmil S/A, com sede em Elói Mendes, Sul do Estado, está investindo R$ 8 milhões na expansão de suas atividades em Minas Gerais, com a criação de 150 novos empregos diretos e 300 indiretos. O projeto terá início em 2013 e termino previsto para 2015 com inicio da operação em 2016.

Com 62 lojas distribuídas pelo Centro-Oeste, Zona da Mata e Sul de Minas, a Edmil pretende, juntamente, com a instalação de mais três lojas até o primeiro semestre de 2013 implantar o e-commerce, que além dos produtos (colchões, travesseiros, estofados, mesas para computadores, cômodas de madeira, criados, guarda-roupas de madeira e cabeceiras de cama) fabricados pela empresa do mesmo grupo, Formato Estofados Indústria e Comércio Ltda, também comercializará produtos elétricos.

Para o diretor comercial da Edmil, Adaoney Pereira Valias, a implantação do e-commerce exigirá uma estrutura mais controlada e mais agilidade tanto da fábrica quanto do comércio. “O grande segredo do e-commerce é a logística, que exige agilidade, compromisso na entrega, uma estrutura precisa, e ainda nos ajudará na expansão do nosso negócio e da nossa indústria, ao possibilitar a conquista de novos mercados consumidores”, enfatizou.

Adaoney Pereira Valias informou que a Formato, que já emprega 1.100 pessoas, produz por mês 7.500 colchões, 4.000 mil travesseiros, 1.600 a 1.800 jogos de sofá e 3.500 roupeiros e cômodas.

A empresa fundada em 1980, na cidade de Elói Mendes, Sul de Minas Gerais, iniciou suas atividades com a fabricação de colchões. Em 1981 foi aberta a primeira loja na cidade de Varginha. Em 2006, a empresa foi desmembrada e deu origem à Empresa Formato Estofados Indústria e Comércio, que assumiu a atividade industrial, com a fabricação de colchões, estofados e móveis de madeira. Assim, a atividade de comércio ficou com as Lojas Edmil S/A que possui filiais em 62 cidades do Sul, Centro-Oeste e Zona da Mata do Estado de Minas Gerais, comercializando colchões, móveis, eletrodomésticos, celulares, brinquedos, equipamentos de informática, utilidades domésticas e outros. Seu quadro de colaboradores chega a um número de 1.100 distribuídos.

Importação - Já a 3BX Importação Comércio e Distribuição Ltda., sediada em Contagem, assinou protocolo de intenção com o Governo de Minas para expansão de sua unidade industrial destinada à importação de máquinas e aparelhos de impressão por offset, copiadoras usadas, sua renovação, recondicionamento e comercialização.

A empresa irá investir R$ 330 mil e irá gerar 30 novos empregos diretos e 17 indiretos até o final de 2014, quando deverá atingir a capacidade de 2.460 unidades por ano.

Segurança eletrônica – Com investimento de R$ 353 mil a empresa Isacam está implantando em Extrema sua primeira unidade industrial destinada à fabricação e comercialização de produtos eletroeletrônicos.

Com início da produção previsto já para o ano de 2013 e a criação de 35 empregos diretos e 40 indiretos, a Isacam pretende fabricar de 12 mil a 15 mil equipamentos de segurança eletrônica, entre eles, câmeras com infravermelho, receptores de vídeo, micro câmeras, placa de captura de vídeo e gravador de vídeo digital.


 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato