JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Golpes em empresas são aplicados por telefone

19/08/2015
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail

Uma nova tentativa de golpe para extorquir dinheiro está sendo aplicada contra empresas do interior. De forma indevida, donos de estabelecimentos comerciais e industriais têm recebido ligações fraudulentas, cobrando por serviços de regularização de dados empresariais da Jucemg.

Vanda Mendes, empresária no setor de indústria e loja de materiais esportivos de Uberlândia, por pouco não se tornou vítima. No começo de agosto, ela recebeu um telefonema como sendo da Jucemg. Na linha, “a pessoa disse ser necessário confirmar dados empresariais para atualização de cadastro e começou pedindo nome, CNPJ, CPF e dados bancários”. Desconfiada sobre uma possível tentativa de artimanha, a empreendedora, que está há 37 anos no mercado, começou a questionar os dados da pessoa e, logo em seguida, a ligação caiu. “O pior que estavam com todos meus dados e fiquei muito assustada”, revela.

Caso semelhante também ocorreu em Itaúna, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O contador Cristiano Henrique descreve que um dos seus clientes também recebeu ligações. “Rapazes com sotaques diferentes estão ligando para as empresas, dizendo que são da Junta Comercial de Itaúna, e pedindo informações para atualização de cadastro. O último se identificou como Michel e quando o cliente pediu um telefone para retornar, pois não tinha o número da conta, foi repassado um número de telefone com os dígitos de 0800”. Há ainda registros de tentativas de golpes contra empreendedores em Contagem e em Ituiutaba.

A Jucemg publicou uma nota oficial, informando que não contata empresa por telefone para atualização de banco de dados e que essas ocorrências não possuem qualquer relação com as práticas da autarquia, informou a nota.

Em janeiro deste ano, a Secretaria da Micro e Pequena Empresa do Governo Federal também alertou as empresas sobre fraudes praticadas em relação ao Simples Nacional, quando os golpistas atuavam cobrando inscrição e renovação para o regime compartilhado. Fatores como a impunidade e a insuficiência de sistemas de controle levam a um volume expressivo de golpes e o empresariado deve sempre desconfiar de solicitações de dados e cobranças incomuns.


 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato