JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Investimentos em Minas já superam os R$ 2 bilhões nos dois primeiros meses de 2013

07/03/2013
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail
Investimentos em Minas já superam os R$ 2 bilhões nos dois primeiros meses de 2013
À esquerda, o diretor da empresa, Humberto Cantu, e à direita, o vice-presidente do INDI, João Vitor Garcia.
Foto: Leonardo Horta/SEDE

Nos dois primeiros meses de 2013, o Governo de Minas atraiu R$ 2,4 bilhões em novos investimentos para o Estado, que serão responsáveis pela geração de 9.143 empregos diretos e por outros 11.065 indiretos. A informação é da secretária de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Dorothea Werneck, que recebeu, nesta quinta-feira (07), a consolidação dos números do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI) sobre a assinatura de 17 protocolos de intenções com empresas de diversos setores até fevereiro.

Para a secretária, depois da notícia de que o Produto Interno Bruto (PIB) mineiro cresceu 2,3% em 2012, superando o crescimento do Brasil, que ficou em 0,9% no mesmo período, “o resultado sobre a atração de investimentos indica que a política adotada por Minas está no caminho certo”, enfatizou. Os dados preliminares sobre o PIB foram divulgados ontem pela Fundação João Pinheiro (FJP).

Novos protocolos – Em março, o Governo de Minas, através do INDI, órgão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SEDE), já assinou três novos protocolos de intenções para implantação de novas empresas no Estado. Os novos investimentos somam cerca de R$ 60 milhões e deverão gerar mais de 850 empregos diretos e indiretos. O uso de matéria prima reciclada e a reciclagem de 100% da sua produção é a principal característica da Coplac do Brasil Ltda, com unidades em Itu e Taubaté (SP), Betim, e no México e na Argentina, que inicia ainda este semestre a implantação de duas unidades industriais, a Coplac Têxtil Ltda e a Coplac do Brasil Ltda, ambas em Paraisópolis, no Sul de Minas.
Com investimento de R$ 39,68 milhões, a Coplac do Brasil Ltda., empresa fabricante de produtos de feltro termoplásticos, poliéster e fibras sintéticas destinadas ao mercado interno, principalmente às montadoras de veículos, pretende iniciar a produção em 2014. Até 2016 deverá gerar 400 novos empregos diretos e 128 indiretos e atingir a capacidade de produção de 18.800 toneladas de feltros termoplásticos, de poliéster e de fibras sintéticas e 568 toneladas de laminado asfáltico por ano.

O sócio-diretor da Coplac, Vanderlei Rezende da Costa Sales, explicou que o resíduo industrial, historicamente tratado como lixo, é matéria-prima em potencial na empresa. “Utilizando avançados conceitos de reciclagem, a Coplac transforma estes rejeitos em material de primeira qualidade, produzindo peças que podem ser recicladas e que são usadas para o conforto termo-acústico dos veículos automotores, produzindo isoladores, anti-ruídos, absorvedores, revestimentos e tapetes.

Petfood - Localização privilegiada foi o principal motivo para Poços de Caldas ser escolhida como futura filial da Nutrire Indústria de Alimentos Ltda. A escolha foi resultado de uma pesquisa de mercado encomendada pela empresa gaúcha que pretende expandir suas atividades no Sudeste do Brasil e ficar mais próxima do mercado produtor de matéria prima usada na sua produção de alimentos secos para animais de estimação.

A informação é do diretor da Nutrire, Gerson Luiz Simonaggio, durante a assinatura de protocolo de intenção com o Governo de Minas, através do Instituto Integrado de Desenvolvimento de Minas Gerais (INDI), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Com investimento de R$ 17 milhões e linha de crédito aprovada pelo BDMG, a empresa pretende implantar no Sul de Minas sua primeira filial fora do Rio Grande do Sul e praticamente dobrar sua produção e gerar 64 novos empregos diretos e 37 indiretos.

“A pesquisa indicou que a logística é um fator preponderante na perda de competividade da Nutrire no mercado do Sudeste e como em Minas esta é uma questão bem resolvida aliada à disponibilidade de mão de obra e ao custo competitivo da energia elétrica optamos pelo Estado”, explicou Gerson Luiz Simonaggio. Ele lembrou ainda que os investimentos a serem realizados pela Nutrire permitirão que a empresa possa estar mais próxima do maior mercado de petfood do Brasil, que é o Estado de São Paulo. Para isto, serão realizados investimentos em obras civis, instalações, aquisição de máquinas e equipamentos mais modernos.

A unidade de Poços de Caldas terá duas linhas de produção com um volume total de 12 toneladas por hora. Os produtos da Nutrire se dividem em premium e standard, para filhotes de raças pequenas, para cães adultos, divididos em frango e vegetais, tradicional e para gatos.

Com sede em Garibaldi, na Serra Gaúcha, a Nutrire é uma empresa fundada em 2001, que produz 14 toneladas por hora de alimentos para cães e gatos. Está presente em todo o Brasil e exporta seus produtos para 15 países.

Pneus - Também assinou protocolo de intenção com o Governo de Minas, a Cantu Comércio de Pneumáticos Ltda, que pretende implantar, em local a ser definido, um centro de importação e comercialização de pneus para todo o Sudeste e Centro Oeste do Brasil utilizando o porto seco de Betim ou de Juiz de Fora. O investimento de R$ 2,6 milhões será responsável pela geração de 25 empregos diretos e 200 empregos indiretos.

A empresa de pneus pertence ao Grupo Cantu, que atua em todo o país no setor alimentício, com mais de 40 anos de história. A Cantu Pneus foi fundada em 2006 e hoje está entre as maiores importadoras de pneus do Brasil com seus oito centros de distribuição no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco.

A Cantu oferece pneus para carga, passeio e pneus industriais, além de rodas para caminhão, protetores de pneus (flaps), câmaras de ar e rodas de caminhões. Com a nova unidade pretende trabalhar também com a linha de pneus de mineração e construção civil. A Cantu detém 4% do mercado brasileiro de pneus para caminhões e 3% do mercado brasileiro de pneus para veículos de passeio. A nova unidade de Minas deverá ser responsável pelo atendimento de 30% da capacidade da empresa.
 

27/06/2019 - PROTOCOLO ÚNICO

 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato