JUCEMG - Notícias
Governo de Minas
 

Participação de Minas nas exportações brasileiras continua crescente

03/08/2011
Compartilhe: Compartilhe no Facebook Twitter imprimir pagina Enviar por e-mail
Participação de Minas nas exportações brasileiras continua crescente
Gráfico: exportações 2003-2011
Foto: Asscom/JUCEMG

A desvalorização do dólar não impediu que a balança comercial de Minas Gerais mantivesse resultados positivos. No acumulado dos sete primeiros meses de 2011, as exportações mineiras alcançaram US$ 22,3 bilhões, o que representou 15,8% das exportações nacionais. O valor exportado pelo Estado no período contabilizou crescimento de 20,4% em relação a igual período de 2010. Já as importações mineiras registraram um total de US$ 6,8 bilhões durante os sete primeiros meses de 2011. Houve crescimento de 8,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior e representaram 5,5% do total nacional no período analisado.

Os dados preliminares foram divulgados na manhã desta terça-feira (02/08) pela Central Exportaminas, órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE), que realiza mensalmente o Mapeamento das Exportações de Minas Gerais com base nos números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

“Apesar do real valorizado, o que prejudica as exportações de produtos industrializados, os resultados da balança comercial de Minas Gerais continuam positivos, à medida que os preços das commodities continuam em alta”. A observação é da secretária de Desenvolvimento Econômico, Dorothea Werneck, ao comentar mais um superávit expressivo do comércio exterior mineiro.

Apenas no mês de julho, as exportações alcançaram US$ 3,6 bilhões e a média diária foi de US$ 170,0 milhões. Houve crescimento de 26,5% no valor total em relação a julho de 2010. Na comparação com junho de 2011, a expansão foi de 1,9%, tanto na comparação com o valor exportado quanto em relação ao valor médio diário.

Por outro lado, em julho, as importações totalizaram US$ 1,1 bilhão, valor 14,6% superior ao mesmo mês do ano passado. Houve uma redução de 0,4% no valor importado em relação a junho de 2011. A média diária das importações alcançou US$ 50,2 milhões, 0,4% menor do que o valor de junho de 2011.

Já o saldo comercial em julho, que alcançou US$ 2,5 bilhões, apresentou expansão de 32,3% em relação a julho de crescimento de 2,9% em comparação com o saldo do mês anterior.

Valores acumulados - As exportações dos sete primeiros meses de 2011, que totalizaram US$ 22,3 bilhões, tiveram uma expansão de 20,4% em relação a igual período de 2010, mas ficaram abaixo da variação das exportações nacionais que cresceram 31,5%.

As importações entre janeiro e julho de 2011 aumentaram 8,3% na comparação com mesmo período de 2010, totalizando US$ 6,8 bilhões. Enquanto isso, as importações nacionais cresceram 27,5%. As importações do Estado responderam por 5,5% do total brasileiro.
O saldo comercial de Minas Gerais foi de U$ 15,4 bilhões no acumulado de 2011, enquanto o saldo nacional foi de US$ 16,1 bilhões. Em relação a 2010, o crescimento do saldo do Estado foi de 26,6%.

Já nos últimos 12 meses, considerando o período de agosto de 2010 a julho de 2011, as exportações mineiras totalizaram US$ 38,3 bilhões.
Houve crescimento de 59,1% sobre o período de agosto de 2009 a julho de 2010, quando as exportações atingiram US$ 24,1 bilhões. Com o aumento, a participação de Minas nas exportações brasileiras alcançou 16,3%.
As importações dos últimos 12 meses também registraram expansão (+29,2%), totalizando US$ 11,4 bilhões e corresponderam a 5,5% do total nacional no período.

O saldo comercial dos últimos 12 meses foi superavitário, acumulando a cifra de US$ 26,9 bilhões. Tal valor foi 76,5% superior ao valor contabilizado entre agosto de 2009 e julho de 2010.
 


 
JUCEMG
Rua Sergipe, 64 - Boa Viagem - Belo Horizonte, MG - CEP 30130-170
Telefone: (31) 3219-7900 - (Atendimento) Outros: Telefones de Contato